Notícias

 

Notícia publicada em 31/05/13 às 02:18:28 hs

Acadêmicos de Biologia e Gestão Ambiental participam de palestra sobre “Raiva em herbívoros”

A Faculdade de Educação de Jaru (Unicentro) realizou na noite desta quarta-feira (29) uma interessante palestra com o tema: "Raiva em herbívoros e a Biologia dos morcegos hematófagos".

A Faculdade de Educação de Jaru (Unicentro) realizou na noite desta quarta-feira (29) uma interessante palestra com o tema: "Raiva em herbívoros e a Biologia dos morcegos hematófagos". O evento foi realizado no auditório da Instituição com apoio das coordenações dos cursos de Ciência Biológicas e Gestão Ambiental da Unicentro.

A palestra foi ministrada pelo médico veterinário da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron), Juliano Silva dos Santos, que abordou os procedimentos para prevenção e controle da doença adotada pela Agência Idaron, conforme o programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros (PNCRH).

O médico veterinário na oportunidade explanou para os acadêmicos do 1º e 3º períodos de Gestão Ambiental e do 1º, 3º e 7º períodos de Biologia sobre as características da raiva, como os sinais e sintomas apresentados pelos animais doentes.  Também ressaltou a importância da comunicação para os servidores da Idaron da existência de animais doentes com suspeita de estarem acometidos pela raiva, bem como informar sobre a ocorrência de ataques de morcegos hematófagos aos animais das propriedades rurais e a existência de abrigos desses morcegos.

A apresentação foi ilustrativa, com recursos de imagens e vídeos com animais  que exibam os sintomas característicos da raiva, morcegos hematófagos e os procedimentos adotados pela Agência Idaron para o enfrentamento da doença como os trabalhos de captura de morcegos hematófagos e colheitas de amostras biológicas (de animais que morreram com sintomatologia nervosa) para o diagnóstico da doença.

Os acadêmicos foram acompanhados pelos coordenadores dos cursos de Biologia, Ranieli dos Anjos de Souza, e Gestão Ambiental, Avenildson Gomes da Trindade, que disseram que os participantes da palestra saíram conscientes dos perigos da doença, de como prevenir o ataque de morcegos hematófagos e da importância de comunicar com urgência possíveis casos da doença à Agência Idaron.

 

 



Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Flávio Afonso

 

 

Webmail
Webmail
Certificados

Palavra do Diretor Módulo Aluno & Professor

Graduação

Serviços

Revista Científica Ex-Alunos

PontilhadoPontilhado FIES CPA - Comissão Própria de Avaliação

 

Netmidia - Soluções Digitais